Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LER É FUNDAMENTAL

Ler é fundamental

Vou tratar neste momento sobre um assunto dos mais importantes que aqui já escrevi: a importância do ato de ler.
Eu vivi meus primeiros dias de vida no Sítio Várzea Grande, na fazenda de mesmo nome, de propriedade de meu bisavô Manoel da Costa Palma, que veio de Araruna na Paraíba, onde fincou morada ali até seus últimos dias de vida, por volta de 1968.

Cresci ali naquela fazenda ouvindo de meu pai, José Estevam Dantas, cantar à noite antes de dormirmos cordéis famosos , como "A Chegada de Lampião no Inferno" dentre outras histórias de valentia. Eu acabava adormecendo com aquela melodia. Bom lembrar que meu pai, por sinal, é parente do Maestro Felinto Lúcio Dantas e de  Tonheca Dantas, músico(autor de Royal Cinema).

Sabendo que aqueles versos cantados, meu pai tinha aprendido lendo cordéis famosos da época, tomei gosto pela leitura. Ao ir à escola meu objetivo principal era ser como ele: um devorador de Cordéis. Ao crescer, ao aprender a ler , me tornei um assíduo  leitor  de histórias do cangaço em cordéis e histórias em quadrinhos. As mais lidas naquela época ainda lembro: "Histórias do Faroeste" , "Tex" e "Zagor".

Ao ingressar no Ensino Médio, meu sonho era ser professor, uma profissão que sempre me encantou desde meus primeiros dias na escola pública!!
Eu dizia à querida mãe: " Um dia serei professor"! E não é que passei no primeiro concurso que fiz ,  no ano de 1988?

Em fevereiro do ano seguinte( 1989) eu entrava nas salas de aulas , como professor; um sonho realizado!

Anos depois , ingressei no Curso de Letras, através de vestibular dificílimo, no Campus do Ceres(UFRN), em Currais Novos, a Princesa do Seridó.

Lá fiz grandes leituras que  nunca esquecerei , como "A História da Riqueza do Homem" , de Léo Ruberman , que foi me  emprestado por Ronaldo Gomes, atual Secretário de Cultura daquela bela cidade( homem forte do "Caçuá de Mamulengos") e "As Veias Abertas da América Latina", de Eduardo Galeano, só pra citar algumas.
Percebi a grandeza de poetas como  Ferreira Gullar, Carlos Drumond de Andrade, Manoel Bandeira, Augusto dos Anjos, Patariva do Assaré, dentre tantos "outros.
 Livros importantes como obras machadianas , como "A Cartomante" e outras. A história de  "Luzia-Homem" e  outros livros   também nunca irei me  esquecer.

Não quero aqui me esnobar, crescer, nem aparecer. Quero prestar um serviço, demonstrar que , através do meu  empenho, destas minhas importantes leituras, consegui alcançar meus objetivos.
Quem lê conhece outros  mundos mesmo sem sair de casa, melhora a escrita e a argumentação. Digo aqui que a leitura é fundamental e que, quem  seguir , pelo menos um pouco do que eu fiz, não se arrependerá. E como dizia um pensador famoso: "Os estudos são amargos, mas seus frutos saborosos".

A Leitura engrandece a alma ( Voltaire).

João Maria de Medeiros é professor e cronista.
JOÃO MARIA DE MEDEIROS
Enviado por JOÃO MARIA DE MEDEIROS em 07/10/2019
Reeditado em 07/10/2019
Código do texto: T6763155
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
JOÃO MARIA DE MEDEIROS
Santa Cruz - Rio Grande do Norte - Brasil
35 textos (6068 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/19 21:06)
JOÃO MARIA DE MEDEIROS