Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTILHA PARA UMA ESCOLA FELIZ!
Nair Lúcia de Britto

 
O que a Escola precisa urgentemente é de uma Cartilha que englobe tudo que a criança precisa saber para ser um cidadão de bem. Vou sugerir aqui alguns exemplos bem práticos para que isso aconteça.

Sobre a sexualidade, em primeiro lugar, a criança precisa saber que o sexo é algo que vem de Deus para seres que se amam e desejam constituir uma família e não para ser praticado aleatoriamente, como fazem os animais.

Deve ser explicado da forma mais simples possível, sem nenhum erotismo nas palavras ou imagens.

É do sexo que nascem os filhos que precisam do pai e da mãe juntos, se amando dentro de um lar feliz, para educá-los, protegê-los e dar-lhes amor. 

Que a mulher deverá escolher muito bem quem será o pai dos seus filhos e, portanto, seu marido.  
  

Que as sensações inerentes ao sexo é algo natural, mas não devem ser prioritárias na sua atenção; porque, nessa fase da vida, eles têm que se preparar para um futuro produtivo.

Os alunos precisam saber sobre a diversidade de gêneros: que não existe apenas duas identidades, mas sim várias outras e os alunos precisam conhecer quais são.

O mesmo acontece em relação às raças; que não existe só uma raça, mas raças variadas e que o respeito se deve a todas elas porque se Deus fez as pessoas diferentes, Ele, que é suprema sabedoria, deve ter uma forte razão.


Que o casamento é um dos passos mais importantes da vida. Uma decisão que exige certeza na escolha e maturidade  suficiente para arcar com as responsabilidades devidas. Que os cônjuges devem se amar verdadeiramente; e não dividir somente as alegrias, mas também todas as tarefas; de forma que nenhum sobrecarregue o outro ou o torne infeliz.

Que se o homem é fisicamente mais forte que a mulher é para protegê-la e não para agredi-la.  

Que todos devem se respeitar mutuamente porque estamos neste mundo “para nos amar e não para nos amassar” . Para sermos úteis uns aos outros, conforme a sua vocação e, assim, preenchermos todas as nossas necessidades durante a vida.

Que a arte é um dom de Deus e que os artistas que Deus escolheu para ter algum dom artístico é para alegrar, entreter, tornar a nossa existência mais leve, mais bonita, mais agradável; suavizar as durezas da vida.

Também é uma forma de educar porque os artistas são os  novos apóstolos eleitos, para propalar o Bem.


Com relação às drogas, elas existem para auxiliar a Medicina no tratamento de doenças graves e que só o médico pode prescrevê-las corretamente. E que se as pessoas usarem essas drogas inadvertidamente terão seríssimos problemas no futuro; que poderão levá-las ao fracasso ou destruirão suas vidas.

Que certos vícios como o cigarro e o álcool fazem muito mal à saúde pois causam muitas doenças, como o câncer, e quanto mais cedo o ser humano se viciar mais prejuízos lhes serão dados. Que não tenham curiosidade em experimentá-las porque na infância ou adolescência o prejuízo é muito maior e pode se tornar um vício difícil de se livrar na vida adulta.

Que o “Bulling” é um ato deplorável porque além de ser um desrespeito, uma falta de educação, é uma maldade asquerosa, que não deve jamais existir nas Escolas. Que o aluno que praticar esse ou qualquer outro ato agressivo ao seu colega ou ao Professor deverá ser penalizado; e, no caso de reincidência, expulso da Escola, que existe para o aprendizado e não para cometer atos ilícitos, contra a moral e os bons costumes.

Que devem todo respeito ao Professor que está dentro da Escola para ajudá-los a se encaminharem na vida e serem cidadãos bem realizados e felizes.

Que o aluno que desrespeitar o Professor perde o direito a estudar numa Escola Pública.

Que a Educação é um direito de todos e não só de alguns e que todos os talentos devem ser bem aproveitados, aprimorados e ter todo suporte do poder público.
Que a Educação cabe em todo lugar sem exceção de nenhum! Enfim, que é responsabilidade de todos fazer da Escola uma Escola Feliz!
   

 
Nair Lúcia de Britto
Enviado por Nair Lúcia de Britto em 19/09/2019
Reeditado em 19/09/2019
Código do texto: T6748613
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Nair Lúcia de Britto
São Vicente - São Paulo - Brasil
628 textos (71105 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 15:39)
Nair Lúcia de Britto