Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Processo de socialização na infância: por que é tão importante?

   
     Processo de socialização na infância: por que é tão importante?


O processo de socialização na infância tem como principal objetivo fazer com que a criança se familiarize com a sociedade. É nesse momento que surgirá a oportunidade de conhecer outras pessoas e construir relações interpessoais saudáveis, além de aprender novos parâmetros de comportamento.
Diversos estágios de desenvolvimento perceptivo iniciam-se logo na primeira infância, faixa etária ideal para que as ações de interação façam parte da vida da criança. A mente está mais aberta e preparada para absorver melhor as informações, fazendo com que a necessidade de socialização seja entendida mais facilmente.
Mas existem outros fatores importantes a serem considerados a respeito do assunto. Continue a leitura para conferir quais são eles e como podem ser aplicados na realidade do seu filho.
Como averiguar se o processo de socialização na infância está se desenvolvendo?
Os pais de crianças pequenas devem se fazer a seguinte pergunta: “eu incentivo meu filho a interagir com amigos e colegas?”. Ainda que a pergunta pareça boba, ela é extremamente importante para avaliar se o processo de socialização na infância vai bem. Afinal, para o pequeno, o incentivo dos pais é fundamental nessa questão.
É na infância que, ao começarem a frequentar a escola, as crianças passam a conviver com outras pessoas, especialmente da mesma idade. É essa interação que permite que seu filho se desenvolva, torne-se mais confiante e, é claro, aprenda a respeitar e entender as diferenças entre os indivíduos.

Por que a socialização na infância é essencial?
Em uma etapa de formação de caráter, o processo de socialização na infância também interfere diretamente na adoção de modelos sociais aceitáveis pelas crianças. Ao socializar, o pequeno se depara com vários cenários, situações e pessoas diferentes, o que contribui para que ela cresça com uma visão de mundo mais ampla e tolerante.
A socialização também contribui para que a criança aprenda preceitos básicos de convivência, como esperar sua vez, dividir algo, entender, respeitar o próximo e compreender negativas e frustrações. Essas habilidades são, sem dúvidas, essenciais para que seu filho se transforme em um adulto íntegro e entrosado.
Como avaliar o processo de socialização do meu filho?
Primeiro, é preciso saber que cada criança interage de forma diferente à socialização. Algumas terão mais facilidade no processo, outras não. Algumas entenderão certos conceitos mais facilmente e outras terão mais dificuldades.
Os pais não devem se sentir culpados  diante dos resultados apresentados inicialmente por seus filhos. Mas não devem jamais deixar de acompanhar o desenvolvimento do filho. Ao contrário, o ideal é que sempre tenham o colégio como um grande parceiro nessa atuação. As crianças precisam perceber os limites e compreender o próximo, o que pode ser feito com a ajuda de diversas atividades propostas pela escola. Especialmente com o enfoque proposto pela Psicomotricidade Relacional.
A escola e os profissionais da instituição oferecem um excelente auxílio nessa parte, pois observam diariamente as ações da criança em detalhes e em inúmeros cenários diferentes. Por isso, é essencial acompanhar a formação e o desenvolvimento intelectual e emocional do seu filho.
E você, o que acha do processo de socialização na infância? Como esse desenvolvimento aconteceu ou está acontecendo com seu filho?
CBV Web.com.br.Blog
Enviado por Miguel Toledo em 25/03/2019
Código do texto: T6607183
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Toledo
Limeira - São Paulo - Brasil, 82 anos
849 textos (163039 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 16:50)
Miguel Toledo