Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SETE maneiras de proteger O BRASIL CONTRA POLÍTICOS ANTIÉTICOS, PROTEJA o seu casamento _ Apoie os valores cristãos: ORE POR SUA FAMÍLIA. NENHUM PROJETO MERECE O FRACASSO DA SUA FAMÍLIA A FAMÍLIA EM PRIMEIRÍSSIMO LUGAR

A Síndrome de Otelo e o feminicídio
Home > Blog > Psicologia e cidadania > A Síndrome de Otelo e o feminicídio

Feminicídio Postado em 10/09/2018 | Escrito por: Romildo Ribeiro de Almeida

http://www.romildopsicologo.com.br/blog/psicologia-e-cidadania/a-sindrome-de-otelo-e-o-feminicidio/
______

PROTEJA SUA CIDADANIA - SEU VOTO - SUA FAMÍLIA CONTRA ANTIÉTICOS POLÍTICOS

Meu amigo!
Senhora e familiares!

Nosso voto é o melhor que temos contra a corrupção!

A mídia mente descaradamente sobre tudo e todos. Não dá para confiar, há outros interesses atrás da ideologia de massa na tv, telejornal etc. Ore e reflitamos para o bem do nosso lindo e tão contraditório Brasil.

A mídia mente descaradamente sobre tudo e todos. Não dá para confiar, há outros interesses atrás da ideologia de massa na tv, telejornal etc. Ore e reflitamos para o bem do nosso lindo e tão contraditório Brasil.

___ Muita gente está desesperada e confusa com a crise de valores e da economia política dominante e na manipulação perversa da mídia. Então, estão acreditando temerariamente na força do poder (política e polícia... como solução como nos tempos da ditadura;

Leia o BRASIL NUNCA MAIS - de Dom Evaristo Ars, falecido cardeal contra a Ditadura no Brasil entre 1964-1986).


Muitos acreditam no poder da força (das armas, da ditadura, dos militares fora dos quarteis a governar...) e não na força do poder (Este e o melhor como a democracia e os rumos de uma educação de qualidade e saúde... respeito ao cidadão sem armas e perseguição aos direitos civis...o respeito a família, propriedade, emprego, liberdade de expressão e de imprensa, de religião livre e liberdade de crença, de reunião em partidos e em praças e direito de greve... de negociar com o governo sem armas e de modo pacífico por melhores condições de emprego e trabalho e salários).

__ Eu acredito por você e oro - continue a caminhar e nunca desanime. Sei do caminho e seus espinhos e pedras. Aproveite para pedir ajuda e tirar os espinhos. Com as pedras, faça sua casa, seu muro, seu pomar, seu lugar, o alicerce de sua vida... Nada acontece por acaso... tudo tem um sentido, mesmo quando o sol não parece brilhar - o sol existe e está do outro lado do planeta ou acima das nuvens. Nada pode impedir que brilhemos como sol, estrela, luz. Deus o ilumine em seu passo a passo, seu dia a dia, seus estudos e seus concursos. Quem semeia, com certeza, um dia colherá...
____ Obrigado, idem para seu lar e os frutos de seu viver, lutar, sonhar, sorrir. A solidão com Deus é fecunda como a solidão da semente no chão, cuja chuva é a graça de Deus!

__________________

Apoie os valores cristãos

Nossa sociedade precisa mais do que nunca de valores sólidos. Precisamos apoiar a construção de uma sociedade mais valorosa.
Por isso, pedimos a você: ajude a promover os valores cristãos na sociedade.

Os valores cristãos são um farol seguro, pois trazem a marca do próprio Jesus Cristo. Hoje em dia é muito difícil manter uma plataforma de difusão de valores cristãos como a Aleteia.

Os leitores e as exigências crescem a cada dia, mas a publicidade está caindo de forma drástica. Certamente você já notou que muitos sites estão exigindo assinatura paga.

Para nós, no entanto, esta não é uma opção, já que a nossa missão é promover e inspirar a vida cristã para o maior número possível de pessoas. Nós gostaríamos de reduzir o número de anúncios no site, mas simplesmente não podemos fazer isso, a menos que consigamos de outras formas a renda necessária para sustentar nossa missão. É por isso que precisamos da sua ajuda.

O conteúdo da Aleteia requer muito trabalho e tem um custo alto de produção e distribuição. Se cada um que nos lê e aprecia desse um pequeno apoio, o futuro desta missão seria mais seguro.

Com apenas $1, você pode apoiar a Aleteia, e isso só levará um minuto. Obrigado por pensar nisso!

_______________

7 maneiras de proteger o seu casamento da infidelidade
  Sempre Família - Ago 30, 2018
LOVE

By Voyagerix | Shutterstock
Compartilhar
 
Preste a atenção aos sinais que mostram o rumo que uma relação
está tomando e tome a atitude certa antes que seja tarde demais
Sem dúvidas, a infidelidade é uma das piores coisas que podem acontecer em um relacionamento. É uma forma de destruição de tudo aquilo que um casal construiu junto, em um caminho de comprometimento e intimidade. A confiança desmorona, o amor se abala e frequentemente famílias são divididas – e as crianças arcam com o peso disso.

Mas muitas pessoas que foram vítimas de uma traição não viram os sintomas iniciais. Aparentemente, é como se o caso de adultério tivesse caído do nada, como uma bomba, sobre o relacionamento do casal. Mas se prestarmos atenção ao modo como vamos vivendo a nossa relação,
é possível enxergar o rumo que ela está tomando e o risco de se chegar a esse trágico episódio. Confira 7 formas de proteger o seu casamento da infidelidade:

Façam escolhas que priorizem a qualidade do seu relacionamento

É preciso que cada cônjuge se empenhe conscientemente na constante melhora do relacionamento. Isso vale tanto para momentos de crise, quando bate aquela dúvida sobre o caminho a tomar, quanto para
o dia a dia – em hipótese alguma, dá para simplesmente ligar o piloto automático. Se de tempos em tempos você abre espaço para pôr em dúvida o seu comprometimento com o seu cônjuge, divertindo-se com as hipóteses alternativas, em algum momento vai acabar rompendo de vez o relacionamento e destruindo a história que vocês edificaram juntos.

Mantenham a comunicação aberta

Certifique-se que você se comunica abertamente com seu cônjuge.
O relacionamento de vocês deve ser um ambiente em que ambos se sentem respeitados, acolhidos e à vontade para expressar os seus sentimentos sem ferir o outro. Não tenha medo de se abrir e falar de suas expectativas para a sua vida, o seu futuro e a sua relação – e de explicitar o que você acha que está faltando no relacionamento.
Em um casal comprometido, não deve haver segredos. Mesmo os menores deles facilitam o caminho para que no futuro se escondam coisas maiores. Manter o hábito de esconder coisas do parceiro é um destruidor certeiro de casamentos.

Cheguem a um acordo sobre os limites

É muito importante deixar claro em um relacionamento o que vocês consideram “traição”. Em que ponto um relacionamento de amizade com alguém do outro sexo se torna uma ameaça para o casamento? Que tipo de atitudes do seu cônjuge perante pessoas do outro sexo fazem você se sentir desconfortável? Refletir sobre o que significa um casamento, o que significa a amizade e como se devem dar as relações com outras pessoas e chegar a um acordo é uma forma de garantir que vocês estejam falando a mesma língua ao falar de infidelidade.

Evitem a tentação

Se você está passando por um momento em que sente atração por alguém que não é o seu cônjuge, faça o possível para lidar com isso priorizando o seu casamento. Se você não é obrigado a encontrar essa pessoa ou a conversar com ela, então corte o contato. Se a presença dela é inevitável, evite conversas pessoais, ao vivo ou através das redes sociais. Não confie tanto em si mesmo, achando que vai conseguir andar na linha mesmo se estiver a sós com essa pessoa: se começar a rolar um clima, é muito difícil dizer um basta. Ao mesmo tempo, não torne essa preocupação com a outra pessoa algo que ocupe a sua mente o tempo inteiro – o que seria apenas outra forma de reforçá-la como objeto de desejo. Ao contrário, invista no seu relacionamento com seu cônjuge, mantendo a qualidade da sua convivência.

Sejam SINCEROS E CONFIANTES -

PARTILHEM SUAS DIFICULDADES E PONTOS DE VULNERABILIDADES - NÃO SE TRAIAM um ao outro EM NOME DE JESUS,  MARIA E JOSÉ

ORE POR SUA FAMÍLIA.

NENHUM PROJETO MERECE O FRACASSO DA SUA FAMÍLIA

A FAMÍLIA EM PRIMEIRÍSSIMO LUGAR

Abrir-se sem receio a um parceiro pode fazer com que nos sintamos expostos e vulneráveis, mas é um dos ingredientes mais importantes de uma relação pautada pela intimidade e pela confiança. Os cônjuges precisam ser capazes de depender um do outro e sentir que são necessários ao outro pelo apoio e acolhida que oferecem. A vulnerabilidade não é uma fraqueza, como se costuma pensar, mas uma força. Isso requer ser honesto consigo mesmo a respeito de nossos próprios limites e fragilidades – e ser compreensivo com os limites e fragilidades do outro, tendo em mente que sempre desejamos ser bem melhor do que realmente somos nos nossos momentos mais difíceis.

Disponham de tempo de qualidade um com o outro

Dispor de tempo de qualidade com seu cônjuge é um imperativo e não um luxo. Isso não significa gastar horrores em um jantar ou uma viagem juntos, mas viver regularmente momentos de apenas estar um com o outro, se divertindo juntos. Foquem-se no que vocês amam um no outro, conversem bastante, tentem começar uma atividade, um hobby ou um curso novo juntos. Conheçam-se de novo sempre – e continuem se apaixonando um pelo outro. É preciso priorizar esses momentos, colocando-os como compromissos na agenda, sem permitir que outras coisas se sobreponham a eles.

Conversem com amigos confiáveis

Se você se sente inclinado à infidelidade ou teve problemas com isso no passado, invista em conversas com amigos confiáveis. Essa pode ser uma ótima maneira de avivar a sua responsabilidade, como se você tivesse que “prestar contas” a esse amigo sobre como você está lidando com isso. Aqui não vão servir pessoas que concordam com tudo que você fizer e que se tornarão cúmplices de um caso de infidelidade, mas amigos verdadeiros que sejam honestos com você e possam encorajá-lo a se manter fiel ao seu compromisso.

(Via Sempre Família. Com informações de Beliefnet.)

Apoie os valores cristãos

Nossa sociedade precisa mais do que nunca de valores sólidos.

Precisamos apoiar a construção de uma sociedade mais valorosa.
Por isso, pedimos a você: ajude a promover os valores cristãos na sociedade. Os valores cristãos são um farol seguro, pois trazem
a marca do próprio Jesus Cristo. Hoje em dia é muito difícil manter uma plataforma de difusão de valores cristãos como a Aleteia.

Os leitores e as exigências crescem a cada dia, mas a publicidade está caindo de forma drástica. Certamente você já notou que muitos sites estão exigindo assinatura paga. Para nós, no entanto, esta não é uma opção, já que a nossa missão é promover e inspirar a vida cristã para
o maior número possível de pessoas. Nós gostaríamos de reduzir o número de anúncios no site, mas simplesmente não podemos fazer isso, a menos que consigamos de outras formas a renda necessária para sustentar nossa missão. É por isso que precisamos da sua ajuda.

O conteúdo da Aleteia requer muito trabalho e tem um custo alto de produção e distribuição. Se cada um que nos lê e aprecia desse um pequeno apoio, o futuro desta missão seria mais seguro.

Com apenas $1, você pode apoiar a Aleteia, e isso só leverá
um minuto. Obrigado por pensar nisso!

----------

Qual a diferença entre anjos e arcanjos?

PROF. FELIPE AQUINO
28 DE SETEMBRO DE 2018

Veja o que explica um grande santo e doutor da Igreja

A palavra anjo indica o ofício, não a natureza.

É preciso saber que a palavra anjo indica o ofício, não a natureza.

Pois estes santos espíritos da pátria celeste são sempre espíritos, mas nem sempre podem ser chamados anjos, porque somente são anjos quando por eles é feito algum anúncio.

Aqueles que anunciam fatos menores são ditos anjos; os que levam as maiores notícias, arcanjos.

Foi por isto que à Virgem Maria não foi enviado um anjo qualquer, mas o arcanjo Gabriel; para esta missão, era justo que viesse o máximo anjo para anunciar a máxima notícia.

Por este motivo também a eles são dados nomes especiais para designar, pelo vocábulo, seu poder na ação. Naquela santa cidade, onde há plenitude da ciência pela visão do Deus onipotente, não precisam de nomes próprios para se distinguirem uns dos outros. Mas quando vêm até nós para cumprir uma missão, trazem também entre nós um nome derivado desta missão.

Assim Miguel significa: “Quem como Deus?”;
Gabriel, “Força de Deus”;
Rafael, “Deus cura”.

Leia também: Quem são os Anjos?
A diferença entre Anjos e Arcanjos
Orações aos Santos Arcanjos
Qual a missão dos Anjos?
A existência dos Anjos

os Anjos!

Todas as vezes que se trata de grandes feitos, diz-se que Miguel é enviado, porque pelo próprio nome e ação dá-se a entender que ninguém pode por si mesmo fazer o que Deus quer destacar.

Por isto, o antigo inimigo, que por soberba cobiçou ser igual a Deus, dizendo: Subirei ao céu, acima dos astros do céu erguerei meu trono, serei semelhante ao Altíssimo (cf. Is 14,13-14), no fim do mundo, quando será abandonado às próprias forças para ser destruído no extremo suplício, pelejará com o arcanjo Miguel, como diz João:
"- Houve uma luta com Miguel arcanjo..." (Ap 12,7).

A Maria é enviado Gabriel, que significa “Força de Deus”.

Vinha anunciar aquele que se dignou aparecer humilde
para combater as potestades do ar.
Portanto devia ser anunciado pela força de Deus o Senhor dos exércitos que vinha poderoso no combate.

Rafael, como dissemos, significa “Deus cura”, porque ao tocar nos olhos de Tobias como que num ato de cura, lavou as trevas de sua cegueira. Quem foi enviado a curar, com justiça se chamou “Deus cura”.

Das Homilias sobre os Evangelhos, de São Gregório Magno, Papa
(Hom. 34,8-9: PL 76,1250-1251) - (Séc. VI)

autoria: O Prof. Felipe Aquino é doutor
em Engenharia Mecânica pela UNESP
e mestre na mesma área pela UNIFEI.

https://cleofas.com.br/qual-a-diferenca-entre-anjos-e-arcanjos/
J B Pereira e https://pt.aleteia.org/2018/08/30/7-maneiras-de-proteger-o-seu-casamento-da-infidelidade/
Enviado por J B Pereira em 29/09/2018
Reeditado em 06/10/2018
Código do texto: T6463106
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2836 textos (1577834 leituras)
35 e-livros (530 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 02:53)
J B Pereira