Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A contemplação da meritocracia.

Acorda proletário, é tempo de acordar,  no  mundo antigo você foi escravo, na sociedade medieval servo, no mundo moderno proletário.

Hoje no mundo pós contemporâneo, você é escravo, servo e proletário.

Desde a existência do  Estado político, a direita sempre  esteve no poder, a história política da direita é explorar sua ignorância cultural, transformando a vossa pessoa em serviçal.

Nascer ignorante, continuar ignorante e morrer ignorante,  que destino cruel, parece ser o vosso caminho.

Na criação do Estado moderno, a ideologia do liberalismo econômico, hoje neoliberalismo.

Entenda proletário,  o neoliberalismo não produz riqueza, tão somente gente rica, e, milhões de miseráveis subservientes.

Compreenda proletário o capitalismo precisa de ser para todos, só existe um modelo capitalista que o capitalismo é para todos, denominado de social liberalismo.

Crescimento econômico com a renda distribuída, a base do desenvolvimento é o consumo através do mesmo o pleno emprego.

De onde resulta a riqueza, através da mais valia, salário devido não pago, ´política de juros na mercadoria comercializada, além do que é entendido como corrupção institucionalizada.

Como funciona a corrupção institucionalizada, tudo sobe, vai subindo durante anos os salários congelados, desde modo, o proletário ficando pobre.

Tais táticas pertencem a direita, entenda então que a instituição é uma ilusão, o Estado uma ficção, são formas de manter a vossa pessoa na miserabilidade.

Acorda proletário, é tempo de acordar, a meritocracia falácia de malandro,  no neoliberalismo, quem vende a força do trabalho está condenado a ser um párea.

Aceitar ser pobre, contemplar os dominadores, não existe algo mais nojento a espécie sapiens.

Cuidado, você não tem discernimento, não vai  cair na lábia dos novos dominadores disfarçados de libertadores.

Acorde proletário é tempo de acordar, estude um pouco,  para não ser eternamente jumentalizado.


Edjar Dias de Vasconcelos.



Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 02/06/2020
Reeditado em 02/06/2020
Código do texto: T6965627
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
3521 textos (662352 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 01:52)
Edjar Dias de Vasconcelos