Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma metáfora política entre Michele a Mulher do Bolsonaro e a Marisa esposa do Lula.

Tenho  simpatia pela Michele Bolsonaro, lamento profundamente pelo constrangimento  que está  sofrendo.

Entendo a Michele como uma boa pessoa,  uma mulher humilde no sentido positivo da humildade.

Ela não tem nada a ver com o histórico possivelmente criminoso da sua família, entretanto, vem sendo exposta, não apenas pelo histórico familiar.

Também não concordo  quando chamam a Michele socialmente,  dado a ela  o apelido de Mi cheque, devido os vinte quatro mil reais depositados em sua conta pelo o Queiroz.

Lamento por tudo isso, entretanto, temos que ser coerentes, se a  Marisa esposa do Lula,  recebesse  um cheque de cinco mil reais em sua conta, a Lava jato lhe daria prisão perpétua.

Imagine  se um  filho do Lula, tivesse em sua vida um Queiroz, a Constituição seria  hermeneuticisada com a pena de morte, Sérgio Moro  seria  implacável na condenação.

Imaginemos se o segundo avião presidencial do Lula fosse apanhado com 39 quilos de cocaína, qual seria a conclusão da Lava Jato, Lula o principal chefe do narcotráfico internacional.

Lula passava alguns finais de semana  em sítio será condenado como o dono do sítio.

Ninguém foi e é massacrado como o Lula e sua família, lógico que sou contra a exposição humana com objetivos políticos.

Examinaram  os celulares até dos netinhos do Lula, do Cunha foi proibido pelo o Sérgio Moro, isso aqui é Brasil, já disse confio só no papa Francisco.

A direita massacra as pessoas e lamenta quando também é massacrada, o massacro de Marisa  foi violento ao ponto de ir a óbito.

A direita empenhou na destruição da reputação do Lula e da sua família,   com o objetivo de ganhar o poder e ganhou, com o pretexto de combater corrupção.

 Portanto, mudaram a  Constituição possibilitando a prisão em segunda instância, o Supremo agiu como se fosse o congresso.

Ninguém nesse país foi tão exposto, massacrado como o Lula e sua família, Lula é vítima, como foi  Marisa, acredito que a Michele também está sendo.

O povo brasileiro precisa deixar de ser imbecil e cínico,  aprender a ser honesto e crítico, compreendo as motivações das denúncias  e suas razões  políticas.

 A  única forma de tomar o poder do PT,  prender o Lula transformando ideologicamente no principal bandido do Brasil.

Lamento   profundamente, entretanto,  a ideologização política da ética  é vergonhosa.

Edjar Dias de Vasconcelos.

 
Edjar Dias de Vasconcelos
Enviado por Edjar Dias de Vasconcelos em 18/08/2019
Reeditado em 18/08/2019
Código do texto: T6722918
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edjar Dias de Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil
2911 textos (463816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 09:50)
Edjar Dias de Vasconcelos