Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"NÃO FAÇA GUERRA..."







                          1969 ficou marcado, na história do Brasil, não só pelo fato de ter sido subsequente ao ano que, por cá, houve uma relevante ruptura político-social: a decretação do AI-5. Naquele ano, há exatamente meio século, os Estados Unidos da América sediavam um dos maiores eventos populares de todos os tempos, o Festival de Woodstock.
                         Entre 15 e 18 de agosto de 1969 pelo menos 4oo mil pessoas ocuparam uma fazenda, na cidade de Bethel, estado de New York. Na ocasião, diversas bandas de rock-n’roll se revezaram para tocar para uma multidão frenética. Os fuliões que se despiam de qualquer preconceito para se manifestarem em prol de liberdades sexuais e livre pensamento, embora impulsionados por ideias consideradas libertinas e substâncias lisérgicas.  O principal objetivo, entretanto, ainda era o posicionamento contra as injustiças praticadas pelos mais variados segmentos sociais e nas mais diversas formas, ao redor do mundo.
                         As mais atrozes agressões resultantes das guerras eram o alvo principal, sobretudo a Guerra do Vietnã, protagonizada pelos EUA, que já fazia milhares de vítimas.  Também a chamada Guerra Fria que gerava a fome e a submissão de milhões de criaturas em todo o mundo e a fomentação de uma cultura desumana, nefasta a toda uma sociedade global.
                        Os organizadores de Woodstock não contavam com a presença de uma plateia tão numerosa. Conseguiram atrair centenas de milhares de jovens que instigados pela temática do rock e do movimento hippie que tinha como lema insubstituível “paz e amor”, o desprendimento de bens materiais e um pensamento livre de ambições. Artistas como Bob Marley cantava temas contra as agressões coletivas,  a perseguição ideológica e entoavam canções como “não faça guerra, faça amor”. Ficaram famosos hits como War No More (guerra nunca mais).
                       Interessante é que aquele momento foi de vasta prosperidade intelecto-cultural para vários artistas, não só lá nos EUA como por cá, apesar do monitoramento de um rigoroso AI-5.


Joel de Sá
Enviado por Joel de Sá em 16/08/2019
Reeditado em 17/08/2019
Código do texto: T6721587
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joel de Sá
São Paulo - São Paulo - Brasil
1097 textos (124987 leituras)
1 e-livros (61 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 22:31)
Joel de Sá