Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Artigo - Descomplicar pra quê?

Artigo – Descomplicar pra quê? – Em 20.04.2011

Bom dia meus amigos. Fiz uma poesia com o título “Descomplicando”, a fim de tentar conter os eruditos poetas daqui, que se utilizam de palavras realmente difíceis de entender para as pessoas normais, no dia a dia, embora eu já desconfiasse de que os cobrões de “porra nenhuma” ficassem contra a simplificação dos poemas.

 

Pois bem, mais ou menos vinte solidários entraram no texto e fizeram seus abalizados comentários... Todos favoráveis a que se desse uma linguagem comum, eis que nem todas as fêmeas deste mundo e nem os machos são tão inteligentes assim, a ponto até de criar palavras inexistentes no vocabulário para impressionar ouvintes e admiradores.

 

Todavia, esse número é irrisório diante da falta de vocabulário promissor que possa adequar os leitores a essas poesias que alguns publicam, muitas vezes copiando grandes escritores do passado, talvez substituindo uma palavra por seus sinônimos. Não quero aqui duvidar da capacidade de ninguém e nem medi-la de acordo com o meu péssimo nível de aprendizado. Neste mundo nada se cria tudo se copia... não é verdade????

 

Imaginem vocês que noutro dia, quando falei pra minha noiva que o nosso casamento estava próximo, que já havia conversado com o seu genitor a propósito do assunto e que sua genitora também concordara, ela ficou assim meio tonta, e falou: “Cuma?”. Uma matutinha brejeira do interior, linda de morrer, cabrocha de derrubar qualquer um, de pouco estudo, não pode saber essas coisas de gente grande... Gente que aqui pra nós, não verseja porra nenhuma... meu abraço.

 

É isso aí. Meu abraço nobres compositores. Vamos valorizar quem está começando com aquele ímpeto de quem vai fazer sucesso.

 

Em revisão.

 

Ansilgus.

ansilgus
Enviado por ansilgus em 20/04/2011
Reeditado em 20/04/2011
Código do texto: T2920266
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1771 textos (349923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 18:38)
ansilgus