Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CÁRCERE

Como hei de findar
minha terna afeição
por teu coração?
Temo naufragar...

Silêncio, é segredo!
Engulo as chaves;
Ato os meus pés;
Encarcero o peito!

Ah, visita-me e fica...
Traz-me alimento;
Meu amor amofina!

Eu livre, ama-me?
Tenho direito, amado.
Rogo-te, absolve-me!

Jack Sousa
Pela fresta
Enviado por Pela fresta em 14/11/2017
Código do texto: T6171964
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Pela fresta
Juazeiro do Norte - Ceará - Brasil, 29 anos
10 textos (530 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 23:44)
Pela fresta