Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mentir falando a verdade.

Acelerado, com o pensamento insistente.
Talvez, eu seja deveras um desvairado,
Que apesar de estar sempre tão feliz.
Não consegue nunca se ver contente!

Mas, não vejam tal poema como desabafo,
Eu, estou apenas cheio de todos os sacos...
De ver tanta gente que se diz pensante,
Nunca ter nada que se aproveite na mente!

Com a evidente certeza de não ser daqui,
E de não me encaixar em nenhuma parte.
Escrevo, sem me preocupar com a verdade!

Principalmente, a que não advém de mim!
Por isso, eu agora estou sempre cansado,
De falar a verdade, mas tendo que mentir.

Uil
Elisérgio Nunes
Enviado por Elisérgio Nunes em 13/09/2017
Reeditado em 13/09/2017
Código do texto: T6112543
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elisérgio Nunes
Parnarama - Maranhão - Brasil, 24 anos
405 textos (5181 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/17 01:23)
Elisérgio Nunes