Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetas Saturnos

Nessa minha imensidão de amores
Mistérios com escravos e senhores
A existência furta-me a liberdade
E a solidão deixa-me a saudade

Nesse grandioso jardim com flores
Que morre um pouco a cada dia e hora
A falta de louvor a minha senhora
Tira-me a volúpia ao ver a aurora

Nessa imensa onda com mar incerto
Salve aquele que tem o amor perto
Todos os dias retirando as dores

E nessas noites de ventos fortes
De madrugadas fugindo da morte
Salve aqueles que morrem de amores
Lucas Parente
Enviado por Lucas Parente em 21/04/2017
Código do texto: T5976836
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Parente
Fortaleza - Ceará - Brasil, 19 anos
25 textos (479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/07/17 11:55)
Lucas Parente