Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BUSCA

Como aves que brindando a liberdade
Voejam pelos céus os sonhos meus,
Vão longe, muito além dessa saudade,
A ponto de chegarem junto a Deus.

Nessa arte de voar buscam os teus,
Que sei que se iludiram, na verdade.
Como aves que brindando a liberdade
Voejam pelos céus os sonhos meus.

Entre as estrelas buscam com vontade
A mais brilhante que me deixou breus,
Mas que é meu amor pra eternidade;
Destino há de juntar os nossos eus.
Como aves que brindando a liberdade...

* Grato, belíssima interação:

SONHOS

Tantos sonhos eu sonhei na mocidade,
esperando que vingassem no futuro,
cruel sina esta minha, na verdade
não vingaram, se perderam no escuro.

E confesso, eu confesso é muito duro
conformar-se, falo com sinceridade.
Tantos sonhos eu sonhei na mocidade,
esperando que vingassem no futuro.

Sonhei tanto, buscando a felicidade,
eu bem sei, sei que era imaturo
e agora o que restou foi a saudade
de um tempo inocente e muito puro.
Tantos sonhos eu sonhei na mocidade...
                                           (HLuna)
Kid verso
Enviado por Kid verso em 10/10/2017
Reeditado em 10/10/2017
Código do texto: T6138339
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Kid verso
São José dos Campos - São Paulo - Brasil
781 textos (41558 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 20:58)
Kid verso