Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rês fugidia

Tantas, tantas foram as vezes
que chorei, que sorri, que amei...
Tantas, tantas foram,
que nem sei.

Tantos, tantos foram os sonhos
que teci, que vivi, que sonhei...
Tantos, tantos foram,
que nem sei.

E vão-se em manadas, qual reses,
prantos, risos e amores...
E por vezes tantas, tantas!
E por tantas vezes dores.

E vão-se em estouro medonho,
sonhos e planos de vida...
E foram-se tantos, tantos!
E tantos foram só feridas.

Nada restou daqueles ledos dias,
nenhum olhar esperançoso espia
qualquer resquício de felicidade;
somente há a tristeza que pontua,
e fosforesce pela casa, e flutua,
bruxuleando como a cara da saudade...

agosto/2017
Aleki Zalex
Enviado por Aleki Zalex em 12/08/2017
Reeditado em 12/08/2017
Código do texto: T6082116
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aleki Zalex
Manhuaçu - Minas Gerais - Brasil
600 textos (25102 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/17 16:36)
Aleki Zalex