Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aquela canção das dez

Tá fazendo frio por aqui, eu escuto de longe o pingo da chuva selando o chão. Tô com saudades daquela noite que você desenhou um coração com ketchup no meu prato de fritas. Apaixonar-se parece frágil, olhar no olho e assumir isso, dá medo, não é para amadores. Meu coração está aberto pra você fazer morada, meu dengo. Eu te quero aqui, dentro do meu corpo, da minh' alma, meu amor. Tu chegou, aconchegou, fez explosão virar canção dentro de mim. Antes, eu tinha um medo danado de amar, depois que te conheci, bem clichê mesmo, tu me deu asas, eu te dei amor, tu recitou poesia em mim e tirou minh' dor. Tu me amou. E, daqui da janela chuvosa da varanda, eu vejo o reflexo de toda beleza que reside, em amar.
Heloise Aquino
Enviado por Heloise Aquino em 19/05/2017
Código do texto: T6003897
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Heloise Aquino
Confins - Minas Gerais - Brasil
14 textos (195 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 18:52)
Heloise Aquino