Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A amante Parte II - O primeiro encontro

Marcos estava já em um compromisso e tinha do mesmo três filhos, quando voltava de ferias ficava com sua esposa Amelia que ja conhecia a mania de Marcos com as mulheres mais jovens. Antonia soube da historia antes da vinda dele nas ferias e ficou desolada, mas ainda encantada com Marcos resolveu continuar o romance virtual.
Antonia e Marcos encontram-se nos ultimos meses do ano, sem muitos arranjos. Nesta epoca o calor estava intenso, a cidade fica super movimentada, as pessoas saem as ruas para tratar dos ultimos detalhes do ano que então terminava. Marcos voltada duma loja de ferragens onde ia comprar material de construção para a sua futura casa e Antonia voltava duma entrevista de emprego para Vaga de secretária – que no entando foi sem sucesso – trazia calças formais, sapato alto, um maiô azul que cobria com seu casaco preto, estava ja entrando em seu carro quando Marcos ligou e disse que estava na cidade.
Seria o primeiro encontro de Marcos e Antonia mas ela nao se sentia preparada, estava um dia quente, super agitado, Antonia estava super exausta, suando e precisava de um banho – sabia que se voltasse para casa, não teria mais vontade de sair para fazer qualquer coisa que fosse. Foi ai que decidiu arriscar.
Era uma mulher preparada para qualquer eventualidade, embora fosse muito simples, levava no carro sempre sandalias extras, cremes, lenços, pente, shorts e tudo que seria necessário para um arranjo rapido. Limpou a face rapidamente, trocou as calças formais por shorts, colocou as suas sandalias e estava pronta para o encontro.
Para poupar tempo e não causar desconforto, Marcos combinou que a encontrava em frente a ferragem onde se encontrava, sendo que o local da entrevista não era distante, Antonia conduziu por 5 minutos ate a ferragem. Chegando la, ligou para Marcos que de imediato disse – ja te vi, vou atravessar!
O coração de Antonia batia forte e na sua cabeça vinham varias perguntas sem respostas, olhava para todos lados tentando encontrar alguem que fosse parecido com o homem que ela via nas fotos todos os dias ou na video chamada de vez enquando, estava anciosa e o suor outrora limpo no carro ja escorria pelo seu rosto e descia pelo seu peito ate a sua barriga. Continuava a olhar, molhava os labios, cruzava os dedos, batia com o pe no chão como sinais de ansiedade e seu estomago provocava-lhe dores enquanto esperava pela chegada de Marcos. Da boca dele susurou as palavras: É HOJE!
Venus du Melo
Enviado por Venus du Melo em 12/01/2017
Código do texto: T5879466
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Venus du Melo
Maputo - Maputo - Moçambique, 22 anos
5 textos (134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/05/17 13:23)
Venus du Melo