Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Deserto

Meus pés estão cansados, não tenho lugar para descansar.
O sol sobre minha cabeça é escaldante, juízo me escapou,
Os abutres me cercam, disputam minha carne ainda vivo.
De minhas
 tantas fantasias, as miragens fizeram-se reais.
Minha sombra se levanta e acusa-me por esta peregrinação,  
A areia é quente, fere-me os pés, minha lingua esta colada,
Sequidão é o amargor d'alma, longe da fonte d'águas pereço. 
A escuridão se aproxima, fico a sua mercê sem óleo ou gás.          

Em que tempo me perdi? O meu "ego" sustentei?
Fui transportado com as púpilas dilatadas pelo mundo...
Arrasto-me com dores, olhando as estrelas despontarem,
Na escuridão d'meu deserto, sem saber ao certo onde chegar.
 
"O contraste do justo para o injusto".
 
Salmos 1. Salmo de Davi.

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.

Todos saibamos fazer de nossas escolhas um doce refugio.
 
imagem: Prometeus/Google.
Maurício de Oliveira e Palavra de Deus.
Enviado por Maurício de Oliveira em 29/06/2013
Reeditado em 30/06/2013
Código do texto: T4364523
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Maurício de Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
1415 textos (93019 leituras)
12 e-livros (3100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/17 17:39)
Maurício de Oliveira

Site do Escritor