Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para Ti, Moyça

Moyça, para ti, que dizes
Do que escrevo gostar
Neste teu dia vai, singelo,
Este texto, a te homenagear!

Não digo poema,
Pois poeta não sou!
Mas sou admiradora
De tua força, competência
E vigor.

Moyça das fórmulas,
Compostos e reações,
Primeiro do carbono,
Tubos e nanotubos;
E agora
Das científicas edições
E publicações.

Moyça alegre, inteligente
Sociável, amável;
Desbravadora das próprias veredas.
Ao sucesso, sim!, doutora,
Com certeza destinada.

Dos elementos que cá achei
E na tabela de amigos,
Eternos - e não dos periódicos -,
Marquei,
Você é um dos mais estáveis
Ocupando lugar de destaque

Ah, Mendeleiev
Perdoa-me a ousadia!
E tu Avogadro, o meu descaso
Mas em Química,
Só essa Moyça, a que
“Se vai quando lhe acaba o assunto”
(Lembras desse teu impulso?)
Merece todo o meu apreço, aplauso
E tributo.

Moyça dos Clássicos e Metais
Do “Heavy” e dos Corais
Eclética total!
Sabes que teu sucesso
Produto puro é
De tua simplicidade
Autenticidade e
Magnetismo pessoal?

Moyça Mayra,
Hoje é teu aniversário.
Como vê-la não posso
Mando cá o meu abraço
E o meu mais sincero apreço
Nestes simples e honestos
Versos
Gravados e enviados.

Salve 29 de Maio!

Deus te abençoe ricamente, muito mais!
Feliz Aniversário! :-)



Helena Frenzel
Enviado por Helena Frenzel em 29/05/2009
Reeditado em 29/05/2009
Código do texto: T1620796
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar autoria de Helena Frenzel e usar um link para o site original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Frenzel
Alemanha
487 textos (36092 leituras)
47 áudios (2336 audições)
45 e-livros (1920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/17 08:41)
Helena Frenzel