Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu e minha criança...

Sou do tempo em que música de criança era Pluct plact zum, galinha magricela, superfantástico. Do tempo do balão mágico, sitio do pica pau amarelo. Do tempo em que  criança pulava corda, brincava de amarelinha, bola de gude, pião. Do tempo do saci, da cuca e do fofão. Bons tempos em que criança era simplesmente criança, brincava na praça, nas calçadas, nas ruas e quintais. Nao existiam tablets, celular ou internet, no maximo um video game, attary ou nitendo, isso se vc fosse ou tivesse um amiguinho rico. No meu tempo foi bom demais, acho q por isso ainda guardo esse menino dentro de mim q de vez em quando sai pra brincar com minha filha. Hoje criança ouve musica de duplo sentido, sem sentido ou explicitamente inadequada e a gente acha tudo "bunitinho" e normal; assiste desenhos violentos, tal como os games q incitam uma agressividade cada vez mais evidente. Pais nao tem tempo pra brincar ou simplesmente ouvir seus filhos que ficam a merçe de babas bem intencionadas, mas muitas, mal preparadas ou ficam presos a baba eletronica da familia a BabaTV. E quando tem tempo pra seus filhos tentam compensar a ausencia com presentinhos, brinquedos e mais brinquedos, tornando os mimados, emocionalmente instaveis, reisinhos e princesinhas sem controle ou limites que nao entendem ou aceitam um NAO, pois seus pais nao querem traumatizar os pequeninos e castiga los ou corrigi los por um mal comportamento, pode frustra los. E a consequencia sao birras sem fim, jovens sem humildade, com condutas inapropriadas que nao sabem viver em sociedade, nao entendem o que é dividir, esperar ou partilhar com o próximo. Mesmo assim quero desejar um Feliz Dia das Crianças de todas as idades, de hoje, de ontem e de sempre. Que elas possam ser verdadeiramente crianças com toda alegria e brincadeira, mas com direito a saúde e educação, que tenha pais que lhe digam SIM mas que também lhe digam NÃO, que deêm presentes, mas que acima de tudo sejam presentes.
Flávio Dourado
Enviado por Flávio Dourado em 12/10/2017
Código do texto: T6140602
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Dourado
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
96 textos (1800 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 12:41)
Flávio Dourado