Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Coisas que só o coração pode entender..."

        O coração do povo brasileiro é de índole bondosa.

Basta conferir nas crises repetidas pelas quais o país atravessa, e sempre ele – o POVO! – tem de apertar o cinto, fazer como Prometeu, comer o próprio fígado para colocar novamente tudo em seu devido lugar.

Alguém entende essa mansidão tão especial, quando o barco está quase afundando, e o grande povo joga água para fora, trabalhando, resignando-se... jamais se acomodando.

É claro, todos gritam, todos xingam e todos doem.

Mas, todos vão à luta, encobrindo, assim, os erros malditos que os governos vão cometendo no meio do caminho.

Quando podem, todos vão às ruas, mas depois, voltam ao seu trabalho.... porque outro não vão encontrar, mesmo. Quando podem, até choram, se enraivecem, mas estão lá, no lugar onde sempre estão, a esmolar um pouco de dignidade de quem os governa.

Numa dessas crises, há mais de 30 anos atrás, lembro que minha mãe querida, depois de um dia inteiro de trabalho na roça e em casa, caminhava, à noite, no escuro - digo, tropeçava -  porque a luz era especialmente cara. Não podíamos estudar à noite, porque ninguém pagaria nossas contas de luz. Eu a observava, vendo a sua figurinha silenciosa, catando coisas, objetos, lavando louças, roupas, tudo abaixo de velas, porque não se podia gastar luz.

E a Itaipu já existia. E fora uma promessa ao povo brasileiro, de que jamais amargaríamos uma luz cara.

E minha mãe dizia: vamos poupar, para ajudar o país a melhorar...

Pois é: “tem coisas que só o coração pode entender”... e o povo brasileiro derrama suas lágrimas pelos empregos perdidos, pelo alimento tão caro, pela VIDA! que, mais uma vez se tornou difícil, porque um bando de safados achou-se no domínio do Erário público... crime de guerra, lesa-majestade.... enfim, o roubo dos sonhos mais caros do nosso jovem, que aprendeu, mais uma vez, uma lição amarga vinda de pseudo-governantes, que jamais tiveram um mínimo interesse no país e neste povo tão querido.

Enfim: FELIZ ANO NOVO!!!!


Saleti Hartmann
Professora/Pedagoga e Poeta
Cândido Godói-RS
SALETI HARTMANN
Enviado por SALETI HARTMANN em 11/01/2017
Código do texto: T5879217
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SALETI HARTMANN
Cândido Godói - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
161 textos (6396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/17 15:05)