Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdemos a noção...

e assim seguindo, a nação também.

Não, não ia falar nada, mas, como quem cala consente, não quero que depois ninguém venha com j’accuse pra cima de moi. Pois bem, aqui o meu protesto:

Dizem que brasileiro leva tudo na brincadeira, né não? Elegeram muitos palhaços candidatos, e eu daqui achando que era brincadeira. O Brasil tem jeito mais não, vice!  E agora, nada pessoal contra os palhaços deputados e senadores, mas, lamentável a escolha de pessoas sem as devidas qualificações para uma comissão que objetiva definir políticas educacionais  (para o país!!). Olhe que não costumo me assustar com qualquer coisa, mas desta vez, peraí, não?! Pior do que a escolha, o critério: só basta ter vontade de participar. Depois de uma dessas, como convencer qualquer criança ou jovem no Brasil de que vale ainda a pena estudar? Só se for pra dizer: “Vale sim, crianças, estudem e tentem ir embora o mais rápido possível porque aqui... E para as pessoas que amam o chão em que nasceram, que trabalham e ainda se esforçam para vê-lo prosperar, é duro ter que engolir chacotas do mundo inteiro pois, contra fatos não há argumentos. Ninguém por aí, por acaso, andou pensando, ultimamente, em mandar pelos ares o congresso nacional? Um conselho: tem que ser numa terça ou quarta-feira, vice, pois de quinta a segunda só aparecem os paletós para tsc, tsc, tsc... trabalhar. Eu bem poderia ter me esforçado pra escrever uma crônica melhor. Pensando bem, um só exemplo vale mais que mil palavras e, a mensagem está clara feito bolha de sabão: “Se esforçar pra quê, se semi-analfabetos têm mais chances de futuro (e sucesso) que você?”

Mas que bandalheira! Ou como dizia minha mãe: "Se amarra o dono no rabo do burro." Ê, Brasil!

Ops! corrigindo: "Se amarra o burro no rabo do dono".

----------------------------------------------------------------------------
Se deseja reproduzir este texto, no todo ou em parte, favor respeitar a licença de uso e os direitos autorais. Muito obrigada.
Helena Frenzel
Enviado por Helena Frenzel em 28/02/2011
Reeditado em 28/02/2011
Código do texto: T2819679
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Para ter acesso a conteúdo atual aconselha-se, ao invés de reproduzir, usar um link para o texto original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Frenzel
Alemanha
487 textos (35973 leituras)
47 áudios (2322 audições)
45 e-livros (1908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/17 15:46)
Helena Frenzel