Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAUSO DE AMOR
Por : Alexandre ď Oliveira
 
Eu diria que o causo a que venho contar , talvez não agrade João , nem agrade Maria. Talvez nem mesmo agrade a ninguém que decerto com este aconteceu. Eram dois jovens que em certo tempo se conheceram e passaram a namorar. Feliz como toda mulher fica quando acontece de se apaixonar por um jovem promissor. Igualmente também ficou Joao. E nesta de Joao e Maria. Por causa de tanto querer. Maria resolveu seguir João.
Quando o mesmo começou a mostrar para ela que dentre ele e ela havia algo mais que empatava sua vida de casal. Mas ele não se importando foi cada vez mais se afastando. Apareceu, uma , apareceu duas, e três. Ela precisando de muito paz para continuar sua vida , simplesmente deixou seu companheiro e foi viver noutro lugar meio distante, assim ficaram separados. Ficaram distante um do outro por muito tempo, mesmo que gostando um do outro .
Até que não suportando a falta um do outro vieram reatar sua relação. João encontrou Maria, e Maria toda contente , feliz , e sorridente voltou a se relacionar com João, que confessara a Maria não existir outra Maria na sua vida.
Pois, bem voltaram , entretanto, depois de alguns dias , depois de Joao oferecer a nata da poesia, pleno de bossa , começou João, a se envolver , com uma , com duas, e com três.  Maria preocupadíssima, com todas aquelas presepadas de Joao, mais uma vez o deixou, confiante ao querer novamente dele se afastar, e dele, ela foi se esquivando, aos poucos se transformando, e hoje o posso dizer , é como diria vovó, tudo que é bom dura pouco , acaba se acaso não tenha compreensão em cada olhar.
Maria foi morar no exterior, por lá casou com José e teve mais de um filho. Às vezes temos a felicidade em nossas mãos e a deixamos escapar sem nos preocupar dando voga a solidão , e dando outro final numa historia de amor. E sempre assim, né ?...
O que era bom passou batido, durou pouco, se tanto significara em nossas vidas onde de certo modo em algum lugar passou o trem da vida.

João Pessoa - Setembro de 2917.
DEPOIS DE UMA LONGA E TERNA VIAJEM RETORNO AOS BRAÇOS DELA PARA RECOMEÇAR A HISTÓRIA. ESPERO QUE GOSTEM DO CAUSO QUE NO MOMENTO APRESENTO.
Alexandre Poeta
Enviado por Alexandre Poeta em 15/10/2017
Código do texto: T6143389
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Poeta
Cabedelo - Paraíba - Brasil
269 textos (3591 leituras)
6 áudios (79 audições)
1 e-livros (15 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/17 15:20)
Alexandre Poeta

Site do Escritor