Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

All Those Friendly People ( todas aquelas pessoas amigáveis)

Eu queria aproveitar esse momento de diálogo pra pedir desculpas pelos meus momentos de distanciamento (que eu sei que não foram poucos..).
É que eu não sei explicar, não sei ser objetiva, e nem sei como expressar bem meus sentimentos. Não sou de me abrir com todo mundo, nem de falar das coisas que eu realmente sinto.. eu tento demonstrar isso através de atitudes, que eu espero que as pessoas que eu amo percebam.
-Ta parecendo aqueles depoimento do Orkut -
Eu me sinto uma otária depois de demonstrar quaisquer formas de sentimentos, aí eu evito o máximo.
Porquê preciso saber se é recíproco. Se eu não tiver esse certeza, eu me arrependo toda vez, quando eu faço.
.. Nesse ínterim, de quase 19 anos de vida, tu foi a única pessoa pela qual eu me apaixonei e que amei ao mesmo tempo.
Eu ainda te amo, deveras.
E eu ainda, depois de tanto tempo, por mais que talvez custe acreditar, eu ainda me importo, me preocupo, ainda sinto todas as a tuas angústias, eu sinto..
Eu sempre senti.
Toda vez que tu falava alguma coisa que estava se passando contigo eu ficava aflita, angustiada.. eu queria fazer algo pra acabar com aquela situação, com aquilo que tu sentia e que, consequentemente, eu sentia.
Mas eu nunca soube o que fazer e nem as palavras certas pra dizer.. Mesmo assim, eu queria te manter por perto, me manter na tua vida, eu queria ficar contigo, perto de ti.
Talvez esse seja o preço que a gente pague por se importar com o outro.
A gente doa uma parte de nós pra acolher o outro, seja essa parte boa, ou ruim.
E depois não tem mais volta, sabe ?
É como parir um filho, um laço, uma conexão que dura até o fim dos tempos..
Sei que tu precisa de um tempo pra ti, que as coisas (  como tu previu em certa conversa) pioraram.
Eu sei.
Mas eu sei que eu preciso mesmo te ver, te dar um abraço  com cheirinhos e tudo mais, e te olhar com uma cara bem feia (por feito isso!) e de praxe, conversar.
Então, me diz onde tu tá, por favor. :(
Gabrielle L
Enviado por Gabrielle L em 15/11/2017
Código do texto: T6172144
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gabrielle L
Teresina - Piauí - Brasil, 19 anos
19 textos (277 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/11/17 16:46)
Gabrielle L