Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
TODO SER QUE RESPIRA
Publicado por: Alelos Esmeraldinus
Data: 20/11/2016
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Letra e Música e arranjo: Bosco Esmeraldo
Instrumental e programação: Bosco Esmeraldo
Execução: Orquestra Virtual Maestro Od L \C/ Aremse
Álbum: ALELOS ESMERALDINUS
Primavera de 2016
Ano: 2016

Esta música foi inspirada no canto de uma sabiá numa tarde, enquanto tentava tirar uma boa sesta.

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto



"Música inspirada no canto de um sabiá, na primavera de 2016, no Lago Sul - DF, tarde calma e serena, enquanto experimentava uma sesta bem merecedora."


TODO SER QUE RESPIRA

Um sabiá, lá fora, a cantar,
em canto suave, um doce louvor.
Tão envolvente, perfeito lavor,
Sai como uma prece, a Deus exaltar.

Contagiante, desperta, cá dentro,
um sentimento de gratidão.
Lanço meu olhar na vasta amplidão,
e em adoração, em espírito, entro.

Refrão
Com voz de júbilo e grande alegria,
vibra meu peito em emoção,
Com palmas, pulos e dança e canção,
O amor que em meu ser irradia.

Com vivas e brados, ao som da lira,
saltério, címbalos e tambor
E assim, todo ser que respira
louve, sim, louve ao SENHOR.
 
Melodísia #078:


Crédito da imagem: SabiáQ gongá quie vô 100% puro - YouTube


Alelos Esmeraldinus
Enviado por Alelos Esmeraldinus em 21/11/2016
Reeditado em 18/12/2016
Código do texto: T5829801
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Alelos Esmeraldinus
Gama - Distrito Federal - Brasil, 66 anos
3552 textos (140789 leituras)
169 áudios (9723 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 20:34)
Alelos Esmeraldinus
Rádio Poética