Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

http://www.revistacamoniana.ufv.br/arearestrita/arquivos_internos/artigos/9Artigo_15__Jose_Joao_Bosco_e_Maria_Angela__diagramado.pdf Gláuks v. 11 n. 2 (2011) 269-288 Diálogo Intertextual entre a Pulsão Lírica de Edgar Allan Poe e Sebastião Bemfica Mi

DIÁLOGO INTERTEXTUAL ENTRE A PULSÃO LÍRICA DE EDGAR ALLAN POE E SEBASTIÃO BEMFICA MILAGRE

Autor: José João B. Pereira e Maria Ângela de A. Resende

RESUMO: O presente trabalho propõe uma leitura intertextual de “The Raven” e “Annabel Lee”, de Edgar A. Poe (1845 e 1849), e Gritos, obra poética de Sebastião Bemfica Milagre (1972). A análise está centralizada na concepção de pulsão em Freud como o instinto de morte e libido. Os poetas estão distantes no tempo e no espaço. A produção de Poe marcou o fim do século XIX e a de Milagre, o fim do século XX. Essa problematização aparece como uma ruptura (vida/morte) no tema da amada. No contexto da poética moderna, ambos se valem de experiências líricas e experimentações na e pela linguagem. Esse formato não esgota a possibilidade de contextualizações temporal e espacial. Assim, a pulsão é projetada na literatura universal e local, que abrange os modos de imaginação. Eros e Thanatos estabelecem os pontos de aproximação e de distância entre os modos de representação da morte. Ao distinguir esses pontos, a literatura é concebida de diferentes culturas.

baixar artigo completo em pdf
J B Pereira e José João B. Pereira e Maria Ângela de A. Resende
Enviado por J B Pereira em 22/11/2012
Código do texto: T3999940
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
J B Pereira
Piracicaba - São Paulo - Brasil
2417 textos (1473841 leituras)
18 e-livros (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/07/20 05:17)
J B Pereira