Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração selvagem

Muita dor desta mulher anela,
Ela era linda e toda benfazeja,
E ninguém ela mal se nela,
E não tinha dentro nada de inveja.

Coração selvagem desta nutriz,
De cada momento sinérgico,
E alimentando como se diz,
E isso dizer: aqui eu vou e fico.

Ela corria por toda a natureza,
E era a mais linda bela mulher,
E adorava a faca e a colher.

E fazia deste vozerio reza,
E cercar orações e falar-se,
Assim o mínimo se fosse.
Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 26/06/2020
Código do texto: T6988420
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
4656 textos (15720 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 04:32)
Gumer Navarro