Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O canto eternal que vem das dores

O canto eternal que vem das dores,
quando caem as trevas no céu etéreo...
A Deus, eu ergo, os meus louvores,
silentes sem a harpa e o saltério.

Relembrando frias alvoradas,
vendo o astro p'los montes indo calmo...
Em conchas as mãos ao céu voltadas,
minh'alma cantas para ti um salmo.

Ó Deus, que me viste na desventura,
pecador aos céus clamando,
profundos os palmos da sepultura.

Deixai que ainda possa eu risonho,
ver tuas estrelas iluminando,
a abóbada celeste que vagas o meu sonho.

ThiagoMac
Enviado por ThiagoMac em 25/12/2019
Código do texto: T6826809
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
ThiagoMac
Itirapina - São Paulo - Brasil, 36 anos
409 textos (4829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 15:48)
ThiagoMac