Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consciência

Como o verso que veem duradouro,
Consciente de ver e de antagonizar,
A correr como quem faz e viu tesouro,
Somos o princípio que nó a se durar.

A situação de ver o seu amor,
Com corpo a curar toda a dor,
Mesmo os excelsos como lugares,
Em esse mesmo que não luares.

Consciência que faz a tua redoma,
Indo da geratriz que faz e doma,
Como o surgimento que urge.

O sono que veem que não longe,
Meios de fazer quem o olhe,
Mesmo o silêncio que o tolhe.
Gumer Navarro
Enviado por Gumer Navarro em 11/09/2019
Código do texto: T6742656
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gumer Navarro
São Paulo - São Paulo - Brasil, 36 anos
1251 textos (4457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/19 03:08)
Gumer Navarro