Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


SONETO - Andanças - 07.02.2018 (PRL)
 
 
 
SONETO – Andanças – 07.02.2018 (PRL)
 
 
 
Do país conheci grandes lugares,
De igrejas muitos foram os altares,
No Rio de Janeiro andei no mangue,
E pude ouvir o triste bangue-bangue...   (*)   
 
Duma pobreza que a ninguém condiz,         
Quando o promíscuo em plena atividade,     
Sofre no dia a dia e contradiz,
Diante de total calamidade...
 
Pro mundo, tudo parece perfeito,
Tem carnaval e bom samba na pista,
O turismo pegando de mau jeito...
 
Transforma o favelado num artista,
Carregando uma imagem destoante,
Do povo machucado e deslumbrante.

 
SilvaGusmão
(*) Nesse verso vê-se 4, 6, 10 ou 4, 8, 10 ou 2, 4, 6, 8, 10)

 
Às vésperas do carnaval carioca.  Nada contra o povo do Rio, a quem rendo minhas homenagens. 

Imagem - Google


08/08/2019 15:01 - Jacó Filho fez a seguinte interação e eu agradeço:
Esse Brasil criativo,
Moldando seu carnaval,
No mundo não tem igual,
Na inversão do que vivo...
 
Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre


10/08/2019 14:27 - Maurício de Oliveira interagiu assim:

Andanças que nos trás conhecimento,
armazenados na memória,
e se destrava em encantamento,
na escrita se revigora,
propondo ao seu leitor,
o levantar da nossa história,
que de estórias em estórias,
deixa-nos ricos de mãos dadas com a vitória.

Grrato, nobre poeta...um abraço.
 
ansilgus
Enviado por ansilgus em 07/08/2019
Reeditado em 11/10/2019
Código do texto: T6714781
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1647 textos (331381 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/11/19 23:43)
ansilgus