Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO – Amor ungido – 08.08.2008 (PRL)
 
 
 
 
 SONETO – Amor ungido – 08.08.2008 (PRL)

 
 
Há momentos conosco que vitais,
Ao optar por ti não tem volta, jamais...
Foi atitude pensada e destemida,
Pois sempre foste a mim muito querida....
 
Não vejo escopo para desengano,
Meu coração tem alma, pois é humano,
Não suporta um rachar assim sem graça,
Um destruir tão fácil da vidraça...
 
Que até agora nos tinha protegido,
Meus erros são apenas veniais,
Merecem teu perdão de tão banais...
 
E pela última vez eu te assevero,
És tu meu amor que para sempre quero,
Porque pra toda vida fora ungido.

 
SilvaGusmão
 
Fonte: Pen-drive do autor
Foto: Tela de minha autoria.
 
ansilgus
Enviado por ansilgus em 16/07/2019
Reeditado em 16/07/2019
Código do texto: T6696902
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1655 textos (334029 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/19 13:52)
ansilgus