Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POR VOCÊ

Quero eu ser a linda bailarina que te encantas
Com vestido azul cintilante de tule e cetim
Deslizando no espelho da tua caixa de lembranças
Secretas lembranças,que sempre escondes de mim

Também quero eu ser,a estrela mais brilhante e bela
Da constelação dos teus mais loucos sonhos
A que eleges como namorada ao mirar pela janela
Ao fitar a noite,deixando teus olhos mais risonhos

Mas sou apenas esta mulher apaixonada
Aquela que sob a triste maquiagem,
Do amor em meu peito, nem desconfias

Mas ao amar-te mas que tudo
Sonha que és meu poeta,e eu - amada,
A mais bela,das tuas poesias

Luamor



Evanescence - Call Me When You're Sober [Lyrics y Subtitulos en Español] c/Leg.

http://www.youtube.com/watch?v=C0nzGXlp-ak




===================================

Felicidade receber uma interação do poeta mestre Jacó Filho
sei bem assim... Que meu singelo soneto brilhará o tempo que ficar aqui, não publico muito, por falta de tempo, e também gosto de que meus poemas fiquem ibernando na página gosto de voltar e ler novamente e novamente ... gosto assim... o poema tem que marcar
sua presença. E AINDA MAIS COM UMA INTERAÇÃO DO MESTRE MAIOR AQUI ENALTECENDO MINHAS LETRAS, COM BRILHANTRES***
onde ele leva sua interação leva um brilhante. obrigada mestre. amei! Show!



 
ENCANTOS DE BAILARINA
 
Rendo-me ao belo, vendo em sincronia,
A cada passo, olhos outros te desejam...
Tamanho fascínio só um cego não diria,
Estar caído como aqueles que te vejam...
 
A orquestra curva-se a nosso queixume,
E baixa o ritmo pra que sejas percebida.
No foco luminoso valorizando-a no lume...
E danças fulgurante tal moças atrevidas,
 
A paixão me toma, como flecha certeira,
No palco encantado, sem ter consciência,
Sou posto nas cenas com toda inocência...
 
Pra dançamos juntos meu amor primeiro,
Que um mundo novo traz por pertinência,
Com nosso direito em beijos e reticências...
 
Jacó Filho




===================================

Como dizia o poeta

Quem já passou por essa vida e não viveu
Pode ser mais, mas sabe menos do que eu
Porque a vida só se dá pra quem se deu
Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu
Ah, quem nunca curtiu uma paixão nunca vai ter nada, não
Não há mal pior do que a descrença
Mesmo o amor que não compensa é melhor que a solidão
Abre os teus braços, meu irmão, deixa cair
Pra que somar se a gente pode dividir
Eu francamente já não quero nem saber
De quem não vai porque tem medo de sofrer
Ai de quem não rasga o coração, esse não vai ter perdão
Quem nunca curtiu uma paixão, nunca vai ter nada, não

Vinícius de Moraes


 
Luamor
Enviado por Luamor em 24/01/2018
Reeditado em 26/01/2018
Código do texto: T6235330
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luamor
São Paulo - São Paulo - Brasil
1055 textos (79608 leituras)
17 áudios (865 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 18:25)
Luamor