Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

mortos, numa cama de motel, o gogo boy e a esposa infiel

“Baby! / Dê-me seu dinheiro que eu quero viver / Dê-me seu relógio que eu quero saber / Quanto tempo falta para lhe esquecer / Quanto vale um homem para amar você” (Zé Ramalho)


amor de pulso conta poucas horas
que precedem talvez o fim de tudo...
mas ele não sabe dizer contudo
o momento certo de cair fora

amor de pulso forte bate esporas
dispara gozo descontínuo e mudo
cavalga bela em cavalos sortudos
tão selvagem!... recatada senhora

amor de pulso corta arrependida
o sopro de uma complicada vida
tarde demais pra quem quer socorrer

tarde demais pro marido traído
tarde demais pra quem quer só correr
e esquecer o pesadelo vivido


24/09/2016


RENATO PASSOS DE BARROS
Enviado por RENATO PASSOS DE BARROS em 24/09/2016
Código do texto: T5770770
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
RENATO PASSOS DE BARROS
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 48 anos
164 textos (16374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 19:30)
RENATO PASSOS DE BARROS