Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NESTE SETEMBRO AMARELO.


Neste Setembro amarelo de prevenção ao suicídio
Façamos os nossos elos dando vazão as depressões
Pois nos libertando delas teremos menores chances
De darmos cabo na vida mesmo nos piores instantes.

Quem construiu o seu castelo e viu o mesmo destruído
Perdeu o total domínio e mergulhou na contra mão
Neste Setembro amarelo de prevenção ao suicídio
Façamos os nossos elos dando vazão as depressões.

Todos viemos a esta vida imbuídos de uma missão
Quando somos assolados com profundas depressões
Perdemos a capacidade de fazemos a nossa gestão
Quando menos esperamos nós nos sentimos perdidos
Neste Setembro amarelo de prevenção ao suicídio.
                          (Miguel Jacó)

15/09/2020 15:16 - Jacó Filho

A vida a Deus pertence,
Então preservo a minha.
É com fé que ela vence,
E no bem Deus nos alinha...

(Reedição)Cabe aos pais e amigos ficarem atentos,Quando estive a ponto de cometer o destino,/Fiquei seis meses prostrado e meu pai e não quase ninguém percebeu... Parabéns! Nobre artífice das letras, e que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...
Para o texto: NESTE SETEMBRO AMARELO. (T7062030)

Boa tarde nobre alfaiate das letras Jacó Filho, muito obrigado por esta impecável interação aos meus pacatos versos, um abraço, MJ.

Usuários do Youtube
vossas condutas me fascinam
antes de virar a esquina
terei mais de mil inscritos
é disto que necessito
para fazer transmissões ao vivo
https://youtu.be/5kc-CGQp0jc

PUBLICADO NO FACE EM 13/09/2020
LUSO POEMAS, 13/09/2020
Miguel Jacó
Enviado por Miguel Jacó em 13/09/2020
Reeditado em 15/09/2020
Código do texto: T7062030
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Miguel Jacó
Taubaté - São Paulo - Brasil, 64 anos
3268 textos (192470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/20 19:26)
Miguel Jacó