Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SURREAL

Hoje, amanhece contando contas na praia...
Eram tantas, que me perdi nas conchas...
A buscar pérolas que me vestiam;
De minha eterna fantasia...
Do faz-me de contas.

Sentia mais a brisa do mar;
Em uma orvalhada deserta d'areia;
Do que o vento de mansinho a levar-me...
Deixando-me resplandecente n'alma grãos d'areia.

No meu universo distópico;
Da minha vida na cacotopia;
De eu ser em água uma antiutopia;
Em viagens ao fundo da minha utopia;
Meu ser entre espetáculos vividos.
Sérgio Gaiafi
Enviado por Sérgio Gaiafi em 30/07/2020
Reeditado em 30/07/2020
Código do texto: T7021327
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Sérgio Gaiafi
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 54 anos
1421 textos (9912 leituras)
25 e-livros (345 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 16:09)
Sérgio Gaiafi