Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... Quando Deus permite!


"
E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra."

2 Crônicas 7:14



Devemos atentar para a lei da semeadura
a semente deve ser selecionada, 
caso contrario nasce erva daninha.
- Não se planta amor e colhe  ódio.
Devemos vigiar pois Deus  não perde
nenhuma plantação de vista.
- A justiça de Deus tarda mais não falha!
Decerto que o joio meio ao trigal cresceram juntos,
mas na hora da colheita o joio será jogado fora.
- O que quero dizer com isso:
Que Deus dá corda mas depois Ele puxa.
Nessa hora pensamos que  também vamos perecer.
Mas é nesse momento  que  Ele nos surpreende, 
nos protegendo  e nos livrando de todo mal.
Porque plantamos o bem  e tememos a Ele
praga alguma estragará a nossa semeadura.
O homem tem semeado o mal,  tem zombado
de um Deus vivo. Expondo o Filho amado O SENHOR JESUS o Cristo.  Aquele que Sofreu sacrificio de cruz. Claro que  Deus  é justo não é vingativo, mas o homem longe de Deus se perde.
Torna-se,  alvo fácil do mal.  A Ponto de não enxergar as heresias. Colocando o Sagrado junto ao profano. Dessa forma,  Deus retira a mão. Mas porque muitos perecem?  Para o homem entender que não somos nada. Nem ricos e nem plebeus diante do poder de Deus. Que poderá fazer o homem quando Deus determina? O jeito  é se arrepender de Seus maus caminhos. E  clamar por misericordia.  Talvez assim,  ainda haja esperança.

22/3/2020
Mary Jun

Mary Jun
Enviado por Mary Jun em 23/03/2020
Código do texto: T6895200
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Mary Jun
Recife - Pernambuco - Brasil, 55 anos
941 textos (45300 leituras)
1 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/09/20 08:32)
Mary Jun