Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Devo me arrepender dos erros?

Uma vez li que não devemos nos arrepender de nenhuma ação porque os erros nos fizeram chegar onde estamos.
Esse pensamento denuncia o caráter de quem o profere. A princípio, revela arrogância, pois ao fazer a afirmação, a pessoa não pensa que se tivesse errado menos, atualmente poderia estar melhor. O defensor da ideia se enxerga no estado ideal.
Assim como o autor da frase pensa: "não me arrependo dos erros porque eles me transformaram no que sou hoje", eu posso pensar: "estou arrependido dos erros porque eles me transformaram no que sou hoje". A diferença é que a primeira forma de pensar é característica de quem não se incomoda com os próprios defeitos.
Outro problema é a sustentação da ideia de que o valor de uma ação está no resultado. Assim, seria um absurdo julgar, por exemplo, uma pessoa infiel como errada, a não ser que seu comportamento trouxesse consequências negativas. Teríamos que avaliar, inclusive a longo prazo, os resultados de cada ato para que pudéssemos fazer a análise justa.
Se eu não me arrependo dos meus erros porque eles produziram frutos agradáveis, qualquer crítica acerca de comportamentos alheios é preconceituosa porque não sabemos se amanhã o mal praticado produzirá, ainda que acidentalmente, algum bem.
Surgiria, portanto, uma dúvida: se uma atitude pode ter consequências demoradas, como sabemos o momento certo para emitir juízos sobre um ato?
A suspensão de qualquer atribuição de valor a comportamentos seria inevitável porque qualquer julgamento poderia ser falho.
Yago Valentim
Enviado por Yago Valentim em 26/12/2017
Código do texto: T6208992
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Yago Valentim
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 23 anos
57 textos (1552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 12:09)
Yago Valentim