Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"QUADRAS DE NADA"(5)

(grupo dos poetas)

VI O TEU ROSTO ESPELHADO
POR SER TÃO JOVEM E BONITA.
POIS ÉS UMA NOVIÇA REBELDE
CORTEJAR-TE NÃO TEM GUARITA.
@pb
VI O TEU ROSTO ESPELHADO
REFLETINDO NAS ÁGUAS DO MAR.
ERA TANTA A EMOÇÃO CONTIDA
QUANDO DISSE TANTO TE AMAR.
@pb
NUNCA AMOR DE TI PUDE DESISTI
MESMO ESTANDO EU ENGANADO.
ESTE ERA E FOI O NOSSO SEGREDO
FICOU SEMPRE EM MIM GUARDADO.
@pb
QUANDO EU TE REVELEI
MEU SINCERO AMOR INOCENTE.
DEIXEI A MÁGOA ESCONDIDA
PARA NÃO SOFRER NOVAMENTE.
@pb
HÁ UM LUGAR TRANQUILO
BEM NO FUNDO DO MEU SER.
LÁ TU MORAS E ÉS BEM VINDA
BASTA SÓ TU QUERER.
@pb
SOPRA VENTO ONDAS DO MAR
JUNTO A GAIVOTA QUE PASSA.
PROCURANDO AONDE POUSAR
PREPARANDO SE PARA A CASSA .
@pb
VI O CASTELO ALTANEIRO
NA TORRE UMA LINDA DONZELA.
PRESA AOS TEUS SONHOS,
SER CHAMADA DE CINDERELA.
@pb
CONTAM TANTAS HISTORIAS
ESCREVEM COISAS DO AMOR.
SÓ MESMO UM SABIO POETA
CURTE O DIA DO ESCRITOR.
@pb
DENTRO DESTE MEU PEITO
EU IMPLORO COM ESPERANÇA.
NÃO MATE O FUTURO DEIXE VIVER
NO MUNDO UMA VELHA CRIANÇA.
@pb
ESCREVI TANTAS POESIAS
LINDAS DA NOSSA HISTÓRIA.
VOCÊ NÃO DEU NENHUM VALOR
NADA GUARDO NA MEMÓRIA.
@pb
UM TURBILHÃO DE EMOÇÕES,
ME  FORTALECE PARA COMPOR.
NÃO POSSO DEIXAR ISSO AFETAR,
MINHAS POESIA DE AMOR.
@pb
MINHAS QUADRAS ESCREVO
NA PAREDE DE MINHA SOLIDÃO.
TÃO TURBULENTA MINHA VIDA
SOFRENDO POR UMA PAIXÃO.
@pb
MINHAS POESIAS DE AMOR
ENALTEÇO-AS PARA VÓS.
PARA QUE TU NUNCA POSSA
DEIXAR-ME VIVER TÃO A SÓS.
@pb
HÁ SAUDADE! JÁ FAZ TANTO TEMPO
DISTANTE FICASTE DESTE TORMENTO.
QUANTAS LÁGRIMAS EU DEIXEI CAIR
AO RECORDAR NOSSOS MOMENTOS
@pb
SE JULGA MELHOR DO QUE EU
SOMOS TÃO IGUAIS E TÃO DIFERENTES.
COMPARTILHAMOS DO MESMO ERRO
E AINDA SE JULGA TÃO INTELIGENTE.
@pb
DENTRO DE MINHAS PAIXÕES
HAVIA ALMAS LIVRES QUE SOLTEI.
QUANDO PERCEBI O ENGANO
AO OUVIR O CORAÇÃO,  LOGO SURTEI.

@pb
____Nillo Sérgio.
@poetadobalcao
poetadobalcao
Enviado por poetadobalcao em 01/08/2020
Reeditado em 06/09/2020
Código do texto: T7022820
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
poetadobalcao
Teresópolis - Rio de Janeiro - Brasil
1940 textos (20831 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 19:19)
poetadobalcao