Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cadáveres em versos

Tu querias que fosse sobre ti, mas poderia ser sobre qualquer um. E a dúvida de saber se havia, houvera, haveria outro te corroía por dentro. Torcias para que, se não fosse sobre ti, antes fosse imaginação, loucura, alucinação. Tu me lias. E desejavas tanto ser tu minha inspiração. Tinhas ciúmes de que as cenas narradas pertencessem a outro coração. Querias ser minha definição de amor, a única causa da minha dor, o dono de minhas lágrimas. Mas, digo-te, as lágrimas são somente minhas e, de resto, não cabe a ti saber. Se fores louco o suficiente para acreditar que teu amor foi assim tão convincente, segue em frente! Segue tua busca por ti mesmo em meio às minhas palavras. Certamente precisas delas mais do que eu. Mas se tiveres medo de cadáveres, afasta-te! Porque quem procuras aqui já morreu.
Dancker
Enviado por Dancker em 29/07/2020
Código do texto: T7019927
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Dancker
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 23 anos
317 textos (7339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 15:34)
Dancker