Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parada obrigatória


Parei de repente
Parei para refletir sobre mim, e minha gente
Parei pra corrigir o percurso, corrigir o discurso
Parei porque percebi que estava aqui, achando que já estava lá
Parei, tive que parar
Fui obrigado a recuar e refletir
Pra onde estou querendo ir, me perguntei?
Pensei, que tal fugir, mas, fugir pra onde?
Por que, pra que, do que, de quem?
Fugir está totalmente fora dos meus planos
Fugir seria só mais um engano
Preciso mesmo é tomar as rédeas do meu destino
Há de haver um lugar divino, não fantasioso
Um lugar onde se possa respirar sem medo
Onde o segredo vital esteja protegido do mal
Onde o bem possa ser preservado
Onde, diferenças e crenças sejam respeitadas
Há de haver um lugar assim
Ainda que esteja longe de mim
Sim, é pra lá que eu devo ir
Mas antes de me despedir vou refletir mais um pouco
Talvez eu esteja perdido no mundo,
Mas com certeza ainda não estou louco
lula palmeiras
Enviado por lula palmeiras em 08/07/2020
Código do texto: T7000045
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
lula palmeiras
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
421 textos (12860 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 21:26)
lula palmeiras