Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

... Apenas uma sombra de mulher

   Hoje sou o resultado de tudo que fiz.
O passado nada me diz, pois não estou mais lá.
O presente é o momento derradeiro,
que diante do espelho posso vizualizar,
talvez um pouco do que eu venha ser
num futuro ainda incerto.
Vejo eu, apenas uma sombra...
Que pode se revelar, ou ficar aqui presa neste instante.
Onde venho me despir.
Varrer de mim, o que não mais me representa.
Desnudo a alma.
Na esperança de me encontrar, de ajustar-me!
Percepções de fragmentos perdidos, durante meu caminhar...
Tenho marcas no corpo e na alma.
Tatuagens com histórias que simbolizam minhas dores e vitórias.
   Aprendi com o tempo amar essa mulher.
Essa mulher que me tornei
Passei por invernos, vivi infernos.
Sorri no verão com meus amores,
aprendi nos outonos, com as perdas,
que deram lugar para novas possibilidades.
E na primavera a alegria de recomeçar,
Vou desabrochar na mais bela flor.
Fortalecida pelo meu próprio amor.
A exemplo das borboletas!
Essas passagens me mostraram o que sou e o quanto valho.
Deixei de ser apenas uma sombra de mulher...
E renasci de noites traiçoeiras e despertei no orvalho.
Experimentei o doce néctar e voei...
E agora aqui cheguei.
   Sou o reflexo de minhas escolhas  e o resultado das conseqüências.
Vivi tudo do jeito que pude, até aqui.
Minhas doces e duras vivências.
Hoje sou uma nova versão de mulher.
Com um novo olhar...
Espero da vida boas novidades ainda, tenho fé!
Entendi que posso tudo o que eu sonhar...!
Vivendo um dia de cada vez.

"Seja, o que seu coração almeja!

By Claudia florindo Corrêa
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 08/03/2019
Reeditado em 08/03/2019
Código do texto: T6592688
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 48 anos
264 textos (3767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 12:49)
Claudia Florindo Corrêa