Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Céu Marinho

As vezes eu me sinto submerso em um oceano comprido, Tao comprimido dento do menu peito, que assim que caio dentro dele o mundo some em um soco profundo. Esse é o tipo de sentimento sensorial que acomete um homem uma ou duas vezes dentre sua rotina, apesar de seu reflexo diario e permanente. Minha alma vira agua, densa a mão corta o escuro como fumaça, e essa escuridao me abraca aguda e gelada. É um instante congelado, as minhas mãos tocam a janela amarelo-gelo e devagar os musculos se engrenam ao movimento do ar que me empurra para um mar estrelado. E então ja não estou mais.
As vezes eu mergulho submerso em um oceano profundo, de um azul marinho continuo e gelado, o Nada é concreto e endurecido mas os movimentos da alma estão leves e desligados. A minha mente fecha sua porta, mas o corpo permanece sozinho e a mostra, pobre capa solitária e desalmada. Quando volto, é com pesar de desamparada que me recebe embebedando-me a alma.
GiovannaPerroni
Enviado por GiovannaPerroni em 11/02/2019
Código do texto: T6572104
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
GiovannaPerroni
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 25 anos
11 textos (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/04/19 12:56)
GiovannaPerroni