Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRIMEIRO AMOR


Meu primeiro amor...
Amor angelical de criança 
Estava na primeira série do colegial, da minha turma da tia Marina.
Era um menino loirinho de olhos azuis.
Um amor puro de inocência,
Olhava para mim com olhos infantis
de uma pureza meiga e de alma  que transcendia o físico.
Apenas a doce ilusão de menino,
que achava bonita uma menina.
E sonhava com o primeiro amor...
Fazia questão de entregar as carteirinhas para tocar na minha mão.
Toque sutil e olhar tão feliz.
O rubor da face demonstrava a timidez.
Era assim todos os dias ...
Até acontecer algo trágico,
que arrebatou sua vida.
Um anjo levado pela fatalidade 
de um acidente... atropelamento e não resistiu...
A notícia chegou feito uma bomba 
Na nossa escola municipal...
Todos foram para o sepultamento...
Numa vaga lembrança lembro que fui junto com a professora e a nossa turma, todos uniformizados prestar 
a última homenagem, não o vi...  Quis guardar sua última imagem, me entregando a carteirinha e olhando nos olhos cheios de ternura... assim guardei essa cena para sempre.
Fiquei chocada, com a brutalidade do acontecimento.
Ele estava na garupa da bicicleta com o irmão, atravessaram a rua, surgiu um carro e por ímpeto, o irmão conseguiu pular a tempo e ele não... 
Éramos todos crianças, nunca contei a ninguém que eu fui seu primeiro e único amor. 
Amor de criança, puro e angelical 
Ele com certeza foi para o céu...
Já possuía carinha de anjo, agora ganhou as asinhas e a auréola... irá passear nos jardins floridos do céu das crianças...
Ainda tão inocente, sem nenhum pecado, apenas trazia na alma a bagagem de vidas passadas...
Talvez por isso partiu, ainda na flor da idade, resgatando algo ou cumprindo seu tempo numa breve encarnação.
Nunca esquecerei aquele olhar azul 
de menino tão lindo com seus  cachinhos dourados, em que sua presença fazia meu coração de menina bater apressado.
Hoje vive em minha memória como a pureza e a doce lembrança do meu primeiro amor de criança.

By Claudia Florindo Corrêa 
23/11/17
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 01/03/2018
Código do texto: T6267758
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
264 textos (3826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 00:41)
Claudia Florindo Corrêa