Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARMADILHA

A frustração foi maior que a paixão que vivi

Pois me senti preterida

Jogada de lado

Sem nenhuma explicação convincente

Daí tornou-se uma guerra dentro de mim

Injuriada com tamanha falta de consideração

Por alguém que eu quis tanto bem

Foram tão poucos momentos bons

Perto das lágrimas que já derramei

Tudo uma ilusão, mentira.

Me pergunto: por que te conheci?

Se o que deixou foi só desilusão

Talvez o mal visto por outro ângulo

Tornar-se um ensinamento

Para não cair em um novo deslumbramento

Uma armadilha da vida

Mas também uma lição

Com esses embates vou me fortalecendo

Ficando imune à decepção

Creio que  nada fica impune

Com o tempo a verdade chega

E abre-nos os olhos para a crua realidade

Nos retirando dessa ilusão

Mas o tempo nos traz consolo.

Pois o que não é pra ser

É livramento

Morre  um pedaço em mim

Mas possuo a capacidade de regeneração

Não há espaço pra mágoa no meu coração.

Isso é viver,

Passando por altos e baixos

Vamos crescendo e esvaziando-se

De bagagens supérfluas

A vida vai ficando leve...

E descobrimos como é simples ser feliz.

Viver é deixar fluir...

E guardar o lado bom no coração

E aprender com o que foi doloroso,

ficando a lição

O que não tem remédio, remediado está!

E a vida segue como de ser...

By Claudia Florindo Corrêa

20/12/17
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 02/02/2018
Reeditado em 20/02/2018
Código do texto: T6243673
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
269 textos (4137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 13:43)
Claudia Florindo Corrêa