Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Está lá

Está lá
Chuva, sol, calor, frio
E está lá
Não se importa e nem se admira
Sabe-se lá se respira

De joelhos sua claridade se estima
Pede-se graça, chora-se à luz divina
Livros, retratos, histórias que fascinam
Ovelhas de recato que a tudo recriminam

Sim, está lá, custe o que custar
Acaso há vida se se apagar?
Acredite ou não, sua beleza não se ofuscará
E cedo ou tarde aos seus olhos brilhará

Pode-se queimar, até se despedaçar
O risco é grande, que vença o que apostar
Da minha parte não posso me esquivar
Não sei de tudo, mas sei que está lá
João Matos
Enviado por João Matos em 29/05/2020
Reeditado em 30/05/2020
Código do texto: T6961776
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
João Matos
São Lourenço - Minas Gerais - Brasil, 42 anos
23 textos (507 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 22:20)
João Matos