Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu vou...(?)

No interplanetário pensamento
Navegobolante intuitivo
Das diarréias pensamentícias
Me diz intergalacticamente
Plutãomente disverbiando
Onde haveria um causticante
Solifício para disparar os meus
Prorroborantes catastroficantes
Dizeres como já na prosopopéia
Do Taiseco que era na mais pura
Verdade e não aceitativa o Capitão
Antonio Pereira de Araújo, mas
Pelas tantas cachacísticas tomativas
Nas gargantícias do diabolístico
Ser não passava de um miseravilístico
Anti-ser que jamais seria humano
Humanisticamente na dialética
Planetariana terrestremente falando.
A não ser que fossem humanelos
Todos os papamentilísticos atribuídos
Santilísticos pelas santilidades
Das extraconjugações adverbiativas,
Nas conjunçõstitualidades não
Constituídas mas doloridamente
Falada nessas aberrações soluçadas.
E olha que eu não bebi ninguém,
Não comi, muito menos e são
Apenas quinze horas e dezesseis
Minutos no horário oficial, só que
Lá de Brasília, como eu não estou lá...
Continuo aqui... Sobriamente
lunático e lúcido!!! Só qui não...

Poeta Camilo Martins
Aqui,hoje,30.12.08
 
 
Camilo Martins
Enviado por Camilo Martins em 27/05/2020
Código do texto: T6959707
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Camilo Martins
Artur Nogueira - São Paulo - Brasil, 56 anos
440 textos (19339 leituras)
2 e-livros (130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 21:30)
Camilo Martins