Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intempéries

Usarei a mim do faro terrível
Esmagando o prematuro juízo
Faça-se jus o destino!

De prevê com destreza
O que só de leve a correnteza
Traria sem dureza

Pobre de mim!
Anda-se sabendo-se pisar
Dominada por si

Ah! quem devo queixar-me
Por ter nascido assim?
Pobre de mim!

Que cairei nos meus versos
Inventados em intempérie
De uma vida sem mistério.
Rosa Maria Dias
Enviado por Rosa Maria Dias em 18/08/2019
Código do texto: T6723536
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Maria Dias
Floriano - Piauí - Brasil
63 textos (1310 leituras)
1 áudios (26 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/09/19 21:24)
Rosa Maria Dias