Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVADOR NOTURNO

Que mar é esse que me devora
Feito dragão, caminho afora?
Queima minha alma em chamas sutis
Anunciando tempestades; águas gris!

Provo do sal das minhas lágrimas ...
Unção que me confunde o paladar!
Que mar é esse que em sobreassaltos
Me traga como vicio nicotinado
Expelindo-me em prazeres saciados?!

_Ó mar vivo da morte! ...
E eu, morto-vivo, permito-me
Ser  dragado por suas salsas ondas
Como trovador, das areias, em cantos soturnos!



     *  Inspirado no soneto " Mar Morto", do Poeta Carioca.
         Grata ao Mestre pela inspiração.

==============================================
HONRADA COM A PRESENÇA DO  MESTRE JACÓ FILHO .

No mar da vida navego
Trazendo a cruz por remo
Esmorecer eu me nego
Quando no frio me tremo.

            ♤♤♤
 
Melena
Enviado por Melena em 09/07/2019
Reeditado em 15/07/2019
Código do texto: T6691867
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Melena
Pilar - Paraíba - Brasil
291 textos (17965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 06:11)
Melena