Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O outro
Oi! Eu vou te contar
Uma bela história.
A princípio, o que  vou falar
Parece não ter glória

Olha, dividi o púlpito
Com o Mestre da oratória,
Da sabedoria e do ensino.
O nome dele é Jesus, o Rei da Glória!

Todavia, houve um porém, isto é:
Com Este tinha dois malfeitores;
Um era blasfemo sem fé,
E o outro, era eu cheio de dores.

Com poucas forças, sobretudo,
Repreendi o ridículo profano,
Rendi pra Cristo, e morri pro mundo.
De imediato Ele me deu muitos anos

Ele quis ser maldito de Deus,
E salvifíca bênção para mim;
Alegremente, agora olho pr'os céus...
Oh, posso sentir amor sem fim!

Portanto, se há algum malfeitor
Que não quer se arrepender,
E que vive a blasfemar do Benfeitor, 
Um encontro com Deus, este vai ter.
Detalhe: No juízo final.
A Cruz não te é um sinal!?
Ministério_Poético
Enviado por Ministério_Poético em 05/04/2019
Código do texto: T6616239
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://www.ThiaguinhoPoetico.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ministério_Poético
Campina Grande - Paraíba - Brasil
1805 textos (23005 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/10/19 23:48)
Ministério_Poético

Site do Escritor