Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ARREBATAMENTO DOS QUE NÃO FORAM

Pra que brigar, pra que discutir
Pra que saber se é pré, meso ou pós-tribulacionista
Pra que se preocupar com algo distante,
se a morte pode bater a porta a qualquer instante.
Aos olhos,
“o arrebatamento da morte”,
nos está diante.
Bem mais perto do que a vinda, de Jesus, mais adiante
Talvez você que morra e volte para o Noivo primeiro,
seja um arrebatamento individual, único e certeiro.
Ou acompanhado… talvez
… em um ônibus capotado,
com mais alguns amigos e desconhecidos.
Porém, o grande questionamento é:
Se você não estiver preparado,
se o azeite para sua lâmpada ter faltado.
Tenho más notícias,
e preciso-lhe dizer isto:

O seu encontro não será com Cristo!




 
Nota: Fiz este poema depois que assisti um debate no Programa Vejam Só (da RIT TV). O debate era sobre o tema de quando seria o arrebatamento. Se seria antes da grande tribulação ou depois ou no meio.
Ao final tirei essa conclusão: O que adiantaria saber se é antes ou depois o arrebatamento. Se não estivermos preparados, e a morte bater em nossa porta hoje, como ficaria?!
O arrebatamento da morte está bem mais perto de qualquer ser humano que vive hoje do que a vinda de Jesus. É a mais certeza.


Se caso se interessarem, fiz essas reflexões sobre o arrebatamento:

-Até as trombetas tocarem
-A revoada dos salvos
-O arrebatamento dos que não foram
JESE FERREIRA poesias
Enviado por JESE FERREIRA poesias em 24/01/2019
Código do texto: T6558151
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria do poeta brasileiro cristão Jese Ferreira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JESE FERREIRA poesias
Bebedouro - São Paulo - Brasil, 37 anos
113 textos (2805 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/05/19 00:17)
JESE FERREIRA poesias