Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Redoma

Deixei que minhas lágrimas de vidro
Se transformassem em um redoma
E, assim, quando ela estivesse concluída
Talvez eu pudesse parar de chorar

Entenda, eu não quero a redoma
Mas os cacos de vidro
Que me escorrem pelos olhos
Machucam, muito

Meus olhos já estão quase cegos
O brilho já se foi faz tempo
Mas se tem algo que enxergam
É o rastro das lágrimas em forma de ferida

Aqui dentro é tão claustrofóbico
Mas, ironicamente, lá fora é mais
E diante das "opções" que tenho
Só posso escolher ficar em minha redoma




Dancker
Enviado por Dancker em 22/07/2020
Código do texto: T7013697
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Dancker
Blumenau - Santa Catarina - Brasil, 23 anos
317 textos (7339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 15:03)
Dancker