Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ÁGUAS DA EXISTÊNCIA
 
Rosimeire Leal da Motta Piredda
 
(Quando nos sentimos sem direção, nos afogamos no vazio existencial.)
 
Substância líquida e incolor.
Mares, lagos e rios,
inundam sua consciência.
Perdeu o conhecimento de si mesmo.
Insípida e inodora.
A vida é simultaneamente
transparente, sem gosto e sem cheiro.
Essencial para a existência é a água.
Escorre das árvores: choro.
foram feridas e queimadas!
Lágrimas e suor
lavam a alma do cansaço de existir.
Diluente inigualável para as emoções.
Os sentimentos são dissolvidos pelo descrédito.
Estado de torpor.
Maré alta, ondas selvagens
afogam os pensamentos insensatos.
Enchente alaga a lucidez.
Na lagoa flutuam os pedaços do seu “eu”.
Inconsciência.
Trágica é a realidade naufragada no seu coração. 

_____________________________________________________
 Esta poesia faz parte do livro:
• Livro "EU Poético" - Editora CBJE - Rio de Janeiro - Brasil - Agosto/ 2007 - Autora – Rosimeire Leal da Motta Piredda.
_____________________________________________________

 Poemas desenganos. Poema ilusões da vida.  Poemas decepção da vida.   Poesia tristeza, Poesia Solidão Tristeza,   Poesia insegurança,
 
Rosimeire Leal da Motta Piredda
Enviado por Rosimeire Leal da Motta Piredda em 17/08/2019
Código do texto: T6722840
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosimeire Leal da Motta Piredda
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 50 anos
146 textos (1712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/19 21:41)
Rosimeire Leal da Motta Piredda